NOTÍCIAS

27/11/2013 - 16h17 - Atualizado em 27/11/2013 - 17h29

Dia nacional do doador voluntário de sangue

No dia 25/11, segunda-feira, foi comemorado o dia nacional do doador voluntário de sangue. E doar sangue é um hábito a ser cultivado, tem que querer sempre. No programa “Tarde Total”, em homenagem a data, Thelma Rocha e Patrícia Valim tiram dúvidas dos ouvintes com Antônio Peçanha, diretor geral do Hemoes.

Muitas pessoas começam a doar devido a uma necessidade pessoal, mas continuam doando por terem conhecimento da necessidade de estoque de sangue. Com apenas uma doação de sangue, você salva até 4 vidas. Mas por que há pouca procura às unidades específicas? Segundo o diretor geral do Hemoes, falta conscientização. “Capixaba é solidário, brasileiro é solidário. A doação de sangue é um gesto de solidariedade com o próximo, mas então por que tanta dificuldade em relação ao bancos e seus estoques baixos? A resposta é simples, falta conscientização.”

Para fazer parte do time, é preciso estar dentro das condições solicitadas, para que não haja problema para o doador ou então para o receptor de sangue. A idade permitida é entre 18 a 67 anos, estar alimentado, não estar amamentando ou grávida, não ter colocado piercing, tatuagem ou acupuntura há menos de 12 meses, ter comportamento de risco para contaminação pelo HIV ou uso de drogas. Antônio Peçanha informa também que diabéticos que utilizam insulina não podem doar sangue, pelo bem de seu organismo e pessoas que tomam remédio, é importante se informar diretamente com uma unidade de saúde.

Procure uma unidade próxima de sua residência e se informe como você poder contribuir com essa campanha. Doar sangue é um hábito, cultive-o.
  1. deixar meu comentário

  1. (02/07 as 09h14)

    BOM DIA,MUITO OBRIGADO

    Bom Dia,Muito Obrigado SALIM

publicidade anuncie i

siga o nosso twitter

curta nossa fan page

enquete

Que estilo de música mais te agrada?

- todos os direitos reservados © 2013