HOME

15/10/2015 - 12h35 - Atualizado em 15/10/2015 - 12h49

FOFOCAS DA MARLA

Globo corta cena em que adolescente umbandista seria apedrejada em “I Love Paraisópolis”
 
A Globo decidiu cortar a cena em que uma menina adepta da Umbanda seria apedrejada por fanáticos protestantes em “I Love Paraisópolis”, que seria exibida na última segunda-feira (12). O trecho chegou a ser divulgado pela imprensa no começo deste mês e gerou repercussão nas redes sociais - a emissora foi acusada de perseguição com os evangélicos.

Na sequência baseada em fatos reais, Lilica (Thainá Duarte) e sua mãe Debora (Dani Ornellas) seriam atacadas ao sairem de um terreiro na favela de Paraisópolis, onde a adolescente passaria por um ritual de iniciação na religião. Os radicais jogariam uma pedra em direção às duas, que atingiria a testa da garota. Logo após a agressão, Eva (Soraya Ravenle) que também é evangélica, expulsaria os intolerantes. A cena foi substituída por um atropelamento da personagem.

De acordo com o “NTV”, executivos da emissora ficaram com receio desta situação ser interpretada como uma espécie de provocação aos evangélicos, ainda mais em um momento em que o canal enfrenta dificuldades na audiência com a novela bíblica “Os Dez Mandamentos”, da Record - além da rejeição aos temas mais ousados abordados em suas tramas das 21h.

Oficialmente, a Globo se absteve em dizer que “A trama dos personagens se desenrola atendendo a decisões dramatúrgicas e artísticas”.

A sequência lembraria o caso de uma menina de 11 anos apedrejada por fanáticos religiosos no bairro da Penha, no Rio de Janeiro, em junho deste ano, após deixar um centro de Candomblé. Na época, a avó da vítima havia alegado que os agressores as ofenderam antes de arremessar as pedras, tal qual aconteceria no folhetim das sete.
 
--
 
Vera Fischer diz “não” para o “Tomara que Caia” e Globo não engole justificativa da atriz
 
Segundo a jornalista Keila Jimenez, Vera Fischer está fugindo da produção do “Tomara que Caia”. Isso ocorre porque a atriz teria inventado uma desculpa para não comparecer como participação especial no humorístico. Ela era uma das convidadas da edição do último domingo (11).

Vera alegou não ter espaço na agenda por estar em turnê com o espetáculo “Relações Aparentes” para justificar a ausência, no entanto, ela não tinha apresentações agendadas para este fim de semana da peça de teatro. A última encenação aconteceu na quinta-feira (08), em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul.

Ainda de acordo com a publicação, a Globo não teria acreditado na justificativa da ex-miss Brasil, que tem contrato com a emissora até 2017 e está na geladeira desde o fim de “Salve Jorge”, em 2012.

--
 
Gugu volta ao Brasil na próxima semana para decidir seu futuro na Record
 
Em férias na Europa, o apresentador Gugu Liberato já tem seu retorno ao Brasil agendado para tomar importantes decisões sobre sua possível permanência na Record.

Segundo o colunista Flávio Ricco, o comunicador volta ao país na segunda-feira (19) e decidirá se continua ou não no canal do bispo Edir Macedo.

Entre os impasses para seguir na emissora, está o fato de Gugu desejar que em 2016 seu programa seja semanal e de, preferência, transmitido nas noites de quarta. Outro pedido é que a estreia não ocorra em janeiro pois ele considera ser um mês ruim para as produções televisivas.
 
 

publicidade anuncie i

siga o nosso twitter

curta nossa fan page

enquete

Que estilo de música mais te agrada?

- todos os direitos reservados © 2013