NOTÍCIAS

10/12/2015 - 13h43 - Atualizado em 10/12/2015 - 13h49

Eliza arrasa em ensaio ao ver Jonatas

Depois de muita confusão na primeira etapa do concurso Garota Totalmente Demais, chega a vez de Eliza (Marina Ruy Barbosa) posar para as lentes de Rafael (Daniel Rocha). Apesar de estar com um vestido vermelho e com uma maquiagem moderna, a ruivinha fica claramente desconfortável na frente das câmeras. O fotógrafo até que dá dicas, mas Eliza mal reage."Ela parece travada", dispara Pietro (Marat Descartes).
Preocupado, Arthur (Fábio Assunção) bem que tenta dar pitaco, mas Carolina (Juliana Paes) logo corta o clima, lembrando de uma das cláusulas do contrato da aposta. Mas é só Jonatas (Felipe Simas) chegar para a ruivinha abrir o sorriso, surpreendendo a todos. Eliza lembra imediatamente dos conselhos de Natasha (Lavínia Vlasak) e pede ao 'amigo' para acompanhar o ensaio. "Eu só relaxei porque vi o Jonatas. Você vai ver que ele vai me ajudar", explica a ruivinha a Daniel.
--
 
Pai aparecerá e decidirá se apresentar para Orlando
 O misterioso Pai de "A regra do jogo" surgirá nos próximos capítulos: Zé Maria (Tony Ramos) avisará a Orlando (Eduardo Moscovis) que o chefe da facção quer conhecê-lo. Porém, no bloco de capítulos entregue ao elenco, essas cenas foram suprimidas para que a identidade dele seja mantida em sigilo.
Tudo começará quando Zé chamar o empresário para uma conversa e pedir que ele arranje um laboratório para que os integrantes da facção manipulem drogas. Dias depois, os dois voltarão a se reunir e Orlando dará uma boa notícia:

- Consegui aprovar o projeto do novo laboratório. Nem acreditei que o maluco do Gibson (José de Abreu) concordou com tudo, vai financiar a construção... E já liberou dez milhões.
- Você conseguiu liberar dez milhões?! Hoje já? Parabéns! Meus parabéns, você foi muito eficiente!
- Estou arriscando minha pele pela facção. O velho fez eu apostar a minha cabeça que esse negócio ia dar certo. Vocês podiam ter esperado um pouco mais. Pelo menos até eu casar com a Nelita (Bárbara Paz).
- Qual é o problema?
- O timing foi errado, Zé Maria. O Gibson me deu cinco anos para desenvolver o tal remédio. Um remédio que nem existe.
Zé observará que cinco anos é bastante tempo, mas o empresário se mostrará muito receoso. Ele dirá que é o suficiente para Gibson descobrir que a função do laboratório é, na verdade, fabricar drogas.
- Calma, Orlando. Relaxa, rapaz. Você fez um golaço para a facção. Por causa disso, tem uma surpresinha para você - avisará Zé. - É hoje que você vai conhecer o Pai.

publicidade anuncie i

siga o nosso twitter

curta nossa fan page

enquete

Que estilo de música mais te agrada?

- todos os direitos reservados © 2013