NOTÍCIAS

29/04/2016 - 17h15 - Atualizado em 29/04/2016 - 17h23

Cantor Daniel admite: "Até Justin Bieber estou ouvindo pra caramba"

 Do rock e sertanejo ao pop, o cantor Daniel falou sobre as referências musicais e admitiu que admira os novos artistas: "Até Justin Bieber estou ouvindo pra caramba", disse o músico durante o bate-papo especial em comemoração aos 20 anos do UOL.

" Eu gosto de música, independente do estilo: Sérgio Reis, Milionário & José Rico, Celine Dion, Beatles, Elvis", contou.

O último álbum do cantor, "Daniel In Concert - Em Brotas", foi uma homenagem a grandes artistas que o influenciaram nos 30 anos de carreira. "Resolvemos regravar canções que fizeram minha história. Foi incrível cantar 'Menino da Porteira' com Sérgio Reis, também tiveram as participações de Renato Teixeira, Carlinhos Brown e do meu pai".

Como não podia deixar de ser, os dois shows gravados em DVD foram realizados em Brotas, cidade na qual o cantor ainda mora. "A cidade me acolhe de um jeito muito natural e por incrível que pareça ainda tenho os mesmo amigos", disse.

Com tantos anos na estrada, Daniel ainda revelou o que mais o surpreende na música. "Pessoas encontrarem caminhos diferentes de colocar amor em letras e melodias. Trazer uma obra de arte diante de tantas que a gente sempre tem", falou o cantor.

Dono da própria carreira, Daniel apontou algumas vantagens em administrar os negócios. "Eu quero ter mais privacidade, de conviver mais coma minha família, não achar que está devendo algo para o escritório. Eu resolvi reunir pessoas que eu convivi por muito tempo. A equipe me ajuda em tudo", disse.

"O Brasil é carente de novos ídolos, novos personagens. O mais importante é a qualidade. Tem que tomar cuidados com as letras, às vezes a gente escolhe uma música passageira, momentânea e esquece de certas coisas, mas a renovação é fundamental", analisa o cantor sobre o fenômeno do sertanejo universitário.

Todo tecnológico, Daniel acompanhou a chegada da internet e percebeu a oportunidade de ficar mais próximo aos fãs. "As redes sociais são fundamentais, eu acatei isso", falou. "Apesar de que as pessoas jogam certas coisas que não têm fundamento", criticou.

A fama, o dinheiro e o prestígio podem ser devastadores para os artistas e o cantor tem uma orientação para os que estão chegando. "Tem que ter consciência que não pode perder o chão jamais", aconselhou Daniel. "Não pode perder a essência, temos muita responsabilidade perante aqueles que nos ouvem. Somos instrumentos de paz, felicidade e alegria", completou.



  1. deixar meu comentário

publicidade anuncie i

siga o nosso twitter

curta nossa fan page

enquete

Que estilo de música mais te agrada?

- todos os direitos reservados © 2013